quinta-feira, junho 13, 2024

Irlandesa é morta em ataque terrorista do Hamas em Israel

Irlandesa é morta em ataque terrorista do Hamas em Israel

No último fim de semana, Kim Damti, jovem irlandesa-israelense de 22 anos, perdeu a vida em um ataque do Hamas durante um festival de música em Israel. Sua família, tanto em Israel quanto na Irlanda, confirmou a trágica notícia. O presidente Michael D Higgins liderou as homenagens, expressando sua profunda tristeza por essa terrível perda.

No funeral, a embaixadora da Irlanda em Israel, Sonya McGuinness, compartilhou a comoção sentida pela Irlanda diante da perda dessa jovem bela e talentosa. O evento foi uma oportunidade de homenagear Kim Damti, descrita como o melhor de duas comunidades e um reflexo do povo compartilhado.

Nas redes sociais, a irmã de Kim, Laura, prestou sua homenagem, lamentando a perda de uma jovem tão querida. A família enlutada pediu respeito à sua privacidade durante esse momento doloroso.

O presidente Higgins destacou a terrível natureza desse acontecimento, condenando veementemente a violação do direito internacional fundamental que é a segurança dos jovens em eventos culturais. A ex-presidente Mary Robinson também expressou sua consternação, ressaltando que tais crimes de guerra não podem ser justificados.

Líderes políticos, incluindo o Primeiro Ministro da Irlanda, Micheál Martin, e Leo Varadkar, uniram-se ao luto pela vida interrompida de Kim Damti, exigindo paz e segurança para os jovens. A comunidade judaica expressou sua dor e destacou a urgência de paz e respeito à vida humana.

O Bispo de Cashel, Ferns e Ossory, Adrian Wilkinson, compartilhou suas profundas condolências à família Cooper, enquanto todos se unem em oração para que os princípios da paz e coexistência prevaleçam neste momento de conflito brutal.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.