quinta-feira, maio 23, 2024

Família Irlandesa aguarda incerta a saída de Gaza

Família Irlandesa aguarda incerta a saída de Gaza

O Departamento de Relações Exteriores deixou uma família irlandesa-palestina em suspense, pois não há confirmação de quando poderão sair de Gaza. Cerca de 35 cidadãos irlandeses estão retidos em meio ao devastado território, enquanto outros titulares de passaportes estrangeiros conseguiram atravessar a fronteira de Rafah nos últimos dois dias.

Aymen Shaheen, professor de política, sua esposa Suha, sua filha Rawan, de 19 anos, e seu filho Ibrahim, de 13 anos, haviam mudado de Dublin para a cidade de Gaza no início de outubro, após nove anos na Irlanda. Atualmente, a família aguarda em um alojamento próximo à fronteira egípcia, porém a quatro quilômetros da passagem fronteiriça.

Apesar dos passaportes irlandeses, a família está ansiosa por notícias sobre a possibilidade de deixar Gaza. O Departamento de Relações Exteriores mantém contato diário com Aymen Shaheen, mas ainda não há confirmação sobre a data da partida.

O Departamento enviou uma mensagem de texto a Aymen nesta manhã informando que, até as 10h37 no horário da Irlanda, não havia recebido confirmação sobre a autorização para cidadãos irlandeses atravessarem a passagem de Rafah. Um porta-voz do Departamento reiterou o compromisso de garantir a saída de todos os cidadãos irlandeses de Gaza o mais rapidamente possível.

Com isso, a família espera, incerta, o momento em que poderão sair, enquanto as autoridades buscam soluções para essa situação delicada.

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.