fbpx

domingo, abril 18, 2021

Cinco coisas que definitivamente não serão reabertas até junho, independentemente das atualizações

Cinco coisas que definitivamente não serão reabertas até junho, independentemente das atualizações

O dia 5 de abril foi apontado como o fim da fase mais longa de lockdown que a Irlanda já viu até agora.

No entanto, Micheal Martin, anulou isso durante seu discurso à nação na semana passada.

Martin disse que a primeira mudança viria no dia 12 de abril, e a principal delas seria a retirada do limite de 5km de viagem.

Ele informou que, se os casos diminuíssem e as taxas de infecção também, outras coisas seriam consideradas a partir de 4 de maio.

Isso inclui o retorno dos cabeleireiros e da indústria de construção.

Mas sabemos que seis coisas estão definitivamente fora de questão até junho, no mínimo.

 

Pubs

 

Os perigos de uma celebração interna foram vistos antes, conforme as festas em casa aumentavam o número de casos em certas partes do país.

Por este motivo, o governo Irlandês ainda não tem uma previsão para a reabertura dos pubs

Ginásios

 

Antes da Covid, não tínhamos tantas preocupações com a respiração pesada, o equipamento suado e a aglomeração geral das academias.

Agora, porém, estes três fatores podem facilmente ajudar a espalhar a Covid-19.

Para a decepção de muitos, não iremos malhar tão cedo.

Multidões em eventos esportivos

 

Este é um assunto que chama a atenção do Governo, uma vez que a UEFA indicou que pretende uma participação mínima de 50% no Euro 2020(Campeonato Europeu de Futebol).

Dublin está prestes a receber quatro jogos no Estádio Aviva, mas precisaríamos descer até o nível 1 para que a UEFA concretize seu desejo.

Só então as multidões terão permissão para comparecer a qualquer evento esportivo, portanto, exceto se houver uma aplicação massiva de vacinas e uma reversão na direção dos casos, isso está fora de questão.

Viagem ao exterior

 

Tecnicamente, isso é permitido no momento, mas você terá que ficar em quarentena por duas semanas ao retornar de vários países.

Mas a ideia de voar para uma cidade europeia para um fim de semana ou passar duas semanas ensolaradas nas Ilhas Baleares não está nos planos até o verão, pelo menos.

Refeições internas

 

A Associação de Restaurantes da Irlanda pediu um ‘roteiro claro’ para a reabertura antes que o Taoiseach(Micheál Martin) falasse na semana passada.

Eles realmente não conseguiram um.

“No final de maio, e dependendo do progresso, veremos a reabertura de hotéis, pousadas e pensões no mês de junho”, disse Martin.

Portanto, embora os hotéis com restaurantes possam dar uma olhada, qualquer empresa que não tenha capacidade para refeições ao ar livre verá as portas permanecerem fechadas.

 

 

Fonte: Dublinlive

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.