sábado, outubro 23, 2021

Gabinete se reunirá para discutir propostas de relaxamento das restrições da Covid-19

Gabinete se reunirá para discutir propostas de relaxamento das restrições da Covid-19

O Gabinete se reunirá para considerar uma proposta que encerraria quase todas as restrições da Covid-19 até 22 de outubro.

A reunião de hoje considerará um plano para assinar um cronograma que irá pôr fim às restrições impostas pela Covid a partir da próxima segunda-feira, incluindo o retorno gradual ao local de trabalho a partir de 20 de setembro.

O Comitê do Gabinete da Covid-19 formulou uma proposta que efetivamente derrubaria as restrições em 22 de outubro.

Isso depende do fato dos casos da Covid-19 permanecerem controláveis ​​e de 90% dos adultos estarem totalmente vacinados.

É provável que ainda sejam necessárias máscaras nos setores de saúde,varejo e no transporte público.

A partir de 6 de setembro, multidões maiores podem se reunir para cerimônias religiosas e eventos esportivos.

Os locais internos podem usar 60% da capacidade para eventos(destinados a pessoas imunizadas) e isso será definido em 75% nos locais externos para os vacinados.

Volta a normalidade

A música ao vivo retornará em casamentos e bares, enquanto em 20 de setembro o retorno gradual ao local de trabalho começará.

As atividades dentro de casa depois da escola também podem ser retomadas, junto com os esportes dentro de casa nessa data.

O Ministro de Estado, Colm Brophy, disse que o país não vai voltar a ser como era na véspera do anúncio do lockdown, mas que haverá mudanças grandes e extremamente benéficas.

“Será um bom dia, pois acho que haverá alguns anúncios muito bons do governo sobre as datas e a reabertura.”

No RTÉ’s Today with Claire Byrne, Brophy disse que a pandemia não acabou, mas que as estruturas podem agora ser postas em prática para permitir que todos tenham ‘muito mais retorno à vida normal’.

De acordo com Brophy haverá um nervosismo para muitas pessoas porque todas as pessoas viveram vidas muito separadas nos últimos dezoito meses.

Ele disse acreditar que haverá um nervosismo em torno da retomada do transporte público.

No entanto, acrescentou que as estruturas devem ser postas em prática para permitir que as pessoas voltem à vida normal e parte disso é o retorno à capacidade total no transporte público.

Um porta-voz da Associação de Música e Entretenimento da Irlanda disse que a proposta de flexibilização das restrições para permitir o recomeço da música ao vivo é um “passo significativo na direção certa”.

Matt McGrenaghan disse que a associação acolheu com agrado a inclusão de pubs e casamentos no plano, acrescentando que estes representam uma parte significativa da força de trabalho.

Em declarações ao Morning Ireland da RTÉ, disse que a indústria necessita de atingir 100% da capacidade o mais rapidamente possível, mas acrescentou que o setor não pode ser ligado durante a noite, nomeadamente no caso de teatros e salas de espetáculos.

De acorco com ele, a transição do pagamento de desemprego pandêmico para o subsídio de candidatos a emprego começará na próxima semana e isso irá reclassificar cerca de 30% dos beneficiários do PUP na indústria de música e entretenimento.

O HSE disse que 164.000 crianças com idades entre 12-15 anos foram registradas para uma vacina contra Covid-19.

Até agora, 148.000 receberam sua primeira dose.

Os números abrangem o período até ontem.

Nesta manhã, havia 355 pessoas no hospital com Covid-19, uma redução de 27 no mesmo horário de ontem.

O número de pacientes na UTI permanece em 61.

 

 

 

Fonte: https://www.rte.ie/news

Related posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.